Ocwen vai adquirir direitos de serviços de hipoteca da Ally

A unidade de serviços bancários da Ally Financial, financiadora de veículos que recebeu socorro e que tem 74 por cento do capital detido pelo governo dos EUA, está vendendo a maior parte de sua carteira de crédito hipotecário para a Ocwen por 585 milhões de dólares, disse a Ally na terça-feira.

Reuters

12 de março de 2013 | 18h06

A Ally Bank disse que o acordo a ajudará a reduzir o risco de hipotecas e focará a empresa em internet banking e operações de financiamento de automóveis. A unidade era conhecida como GMAC, e já foi o braço de empréstimos da General Motors.

"Conseguir atingir esses objetivos com sucesso permitirá à Ally estar na melhor posição para reembolsar o contribuinte", disse a porta-voz da Ally, Gina Proia.

Para a Ocwen, a compra vai alimentar ainda mais o seu crescimento explosivo. O portfólio de serviços da empresa aumentou em mais de seis vezes desde 2009, de acordo com a Compass Point & Research Trading.

Sob o acordo, a Ocwen terá o direito de receber os pagamentos de 90 bilhões de reais em empréstimos, disse o banco. Como parte do acordo, a Ally tem o direito de vender sua carteira de serviços de hipotecas restante, que é superior a 30 bilhões de dólares, para a Ocwen.

(Por Jessica Toonkel e Rothacker Rick)

Tudo o que sabemos sobre:
FINANCASOCWENALLY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.