OEA cobra governo por situação de jovens

As condições de internação de adolescentes infratores na Unidade de Internação Socioeducativa de Cariacica, no Espírito Santo, levaram a Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) a cobrar providências do governo brasileiro. A unidade tem vagas para 110 menores, mas abriga 290. Três homicídios ocorreram no local entre abril e julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.