OGX prevê produção de 1,4 mi de barris diários em 2019

A OGX anunciou no final da terça-feira meta de produção de 1,4 milhão de barris de óleo equivalente por dia em 2019, antecipando o início da produção para o começo do próximo ano.

REUTERS

27 de janeiro de 2010 | 09h38

A companhia divulgou ainda objetivo de alcançar produção de 730 mil barris de óleo equivalente por dia em 2015 e uma parceria com a empresa de estaleiros OSX para contratação de equipamentos de produção.

A OSX, em comunicado separado, informou ainda que fez pedido junto à CVM de oferta pública inicial de ações.

As companhias fazem parte do conglomerado de companhias do empresário Eike Batista.

O acordo com a OSX prevê a contratação de equipamentos de produção por sistema de afretamento. A expectativa da OGX para alcançar a produção de 1,4 milhão de barris diários em 2019 é de que a companhia terá demanda para 19 plataformas de tipo

FPSO.

A primeira plataforma afretada pela OGX junto à OSX é uma construída pelo estaleiro sul-coreano Samsung Heavy Industries e permitirá a "antecipação da produção inicial de óleo da OGX para o princípio de 2011". A empresa não divulgou qual era a meta anterior para o início da produção. A plataforma contratada tem capacidade de processamento de 80 mil barris diários que pode ser ampliada para 100 mil bpd.

O afretamento da plataforma terá custo médio diário de 263 mil dólares e o contrato tem período de 20 anos.

A Petrobras produziu em dezembro uma média de 2,55 milhões de barris de óleo equivalente por dia, incluindo suas atividades internacionais.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAOGXPRODUCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.