Oi ajuda Portugal Telecom a conter queda no lucro do 3o tri

O lucro da Portugal Telecom teve queda anual de 29 por cento no terceiro trimestre, resultado que ficou em linha com as previsões e que seria pior se não fosse o crescimento da Oi, o forte desempenho do serviço de televisão MEO e o corte de custos operacionais.

Reuters

30 de novembro de 2012 | 05h09

O lucro líquido caiu para 64 milhões de euros (83 milhões de dólares), enquanto analistas em pesquisa da Reuters esperavam em média 63 milhões. Os custos operacionais tiveram redução de quase 4 por cento, para 1,05 bilhão de euros.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) encolheu 10 por cento, para quase 587,8 milhões de euros, acima dos 566 milhões que analistas previam.

A receita caiu 6 por cento, para 1,64 bilhão de euros, enquanto o mercado esperava 1,61 bilhão. A Oi --em que a companhia tem uma participação de 25 por cento-- respondeu por 753 milhões de euros, 6 por cento menos do que um ano antes.

A Portugal Telecom já tinha anunciado que a receita no país de origem caiu 6,7 por cento, para 682 milhões de euros, por causa da grave recessão em Portugal.

(Por Andrei Khalip)

Tudo o que sabemos sobre:
TELECOMPORTUGALTELOIRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.