Oi aprova José Carneiro da Cunha como novo CEO; ações caem

O Conselho de Administração da Oi aprovou a indicação de José Mauro Mettrau Carneiro da Cunha para ocupar o cargo de diretor presidente do grupo, em substituição a Francisco Valim, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira.

Reuters

22 de janeiro de 2013 | 11h11

Carneiro da Cunha se licenciou do cargo de presidente do Conselho para assumir a presidência do grupo. A presidência do Conselho, por sua vez, será ocupada por José Augusto da Gama Figueira.

A empresa não forneceu detalhes sobre a data em que Carneiro da Cunha assumirá o cargo.

As ações da companhia tinham forte queda na Bovespa logo após o início dos negócios. Às 10h30, as preferenciais despencavam 7,47 por cento, a 8,05 reais, e as ordinárias caíam 5,39 por cento, a 9,12 reais. O Ibovespa recuava 0,06 por cento no mesmo horário.

Na véspera, a ação preferencial da Oi liderou as perdas do Ibovespa, perdendo 5,1 por cento, após notícia publicada na coluna de Lauro Jardim, no site da revista Veja, que mencionava que a relação entre os controladores e Valim era "insustentável", sendo os desentendimentos motivados pelo resultado da Oi no ano passado.

Analistas do BTG Pactual escreveram em nota a clientes na segunda-feira que uma eventual saída de Valim da companhia seria negativa para as ações da Oi.

(Por Vivian Pereira)

Mais conteúdo sobre:
TELECOMOINOVOCEOATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.