Oito civis afegãos são mortos em ataque da Otan-autoridade local

Oito integrantes de uma família afegã, incluindo seis crianças e duas mulheres, foram mortos em um ataque aéreo da Otan, no leste do Afeganistão, disseram autoridades locais no domingo, embora a coalizão diga que não há provas de quaisquer baixas civis.

REUTERS

27 Maio 2012 | 10h38

O ataque ocorreu em Gerda Serai, no distrito de Paktia, na noite de sábado, segundo o porta-voz do governador provincial, Rohullah Samon, onde as forças de segurança estrangeiras e afegãs tentam sufocar os insurgentes do Taleban e da rede Haqqani ativa na área.

"O ataque matou quatro garotos, duas meninas e duas mulheres, e feriu outros dois", disse Samon.

Um oficial sênior da Otan disse que a coalizão estava olhando para o alegado incidente, mas "até agora não tinha visto nenhuma evidência de vítimas civis".

As baixas civis têm sido uma importante fonte de atrito entre o governo do presidente Hamid Karzai e as forças lideradas pelos EUA no Afeganistão.

Samon disse que o ataque aéreo não foi coordenado com forças de segurança afegãs.

A Otan prepara-se para entregar todas as responsabilidades de segurança para as forças afegãs, e as tropas devem deixar o país até o final de 2014.

(Reportagem de Elyas Wahdat)

Mais conteúdo sobre:
AFETANISTAO MORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.