Oito são denunciados por furto de R$ 180 mi do BB

Oito pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público Federal em Goiás pelo envolvimento no furto de R$ 180 milhões da agência Rio Quente do Banco do Brasil, em Goiás, por meio eletrônico, espalhando o dinheiro em contas espalhadas por sete Estados brasileiros.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

23 de novembro de 2011 | 15h08

Os denunciados, de acordo com o MPF, são Fábio Barreto, Adilson Martins Braga, Elson Resende Marins, João Bosco Araújo Costa, Marcelo de Freitas Mendes, Luiz Henrique Patrício, Arle Schmidt Azambuja e Armando Valdomiro Pereira Fontoura.

O grupo invadiu o sistema eletrônico da agência em 3 de agosto de 2004, utilizando sem autorização matrículas e senhas de dois funcionários do banco, para transferir o valor de R$ 184.293.000,00 para 19 contas correntes espalhadas pelos Estados do Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás e Bahia.

Segundo o MPF, o grupo instalou um modem adicional ao sistema da agência que permitia a possibilidade de acesso remoto ao sistema de informática do banco, sem a necessidade da invasão da agência para realizar a transferência de valores.

Elson Resende Marins, empregado da Caixa Econômica Federal, se aproveitou de sua função para abrir contas bancárias na instituição, usando documentos falsos, para o recebimento de parte dos valores transferidos criminosamente pelo grupo.

O dinheiro só não foi sacado porque a Unidade de Gestão de Segurança do Banco do Brasil bloqueou os valores, sob suspeita de fraude, a partir de constatação que o gerente da agência não havia autorizado o procedimento de transferência.

Tudo o que sabemos sobre:
denunciadosfurtoBanco do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.