Olinda recebeu 2,5 milhões de pessoas, diz prefeitura

Em uma quarta-feira de cinzas marcada pela folia, as prefeituras de Olinda e Recife fizeram nesta hoje (13) balanços positivos da festa. Com uma população de 400 mil habitantes, Olinda recebeu 2,5 milhões de pessoas no carnaval e teve uma ocupação de 98% da rede hoteleira. Recife recebeu 718 mil visitantes e registrou 95% da rede hoteleira ocupada.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

13 de fevereiro de 2013 | 20h41

Segundo o prefeito da capital, Geraldo Julio, (PSB), o poder público investiu R$ 30 milhões para uma movimentação de R$ 603 milhões durante o período. O prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PC do B), informou que a cidade registrou uma movimentação de R$ 120 milhões, o dobro do ano passado.

Nesta quinta-feira (14), a Secretaria de Defesa Social (SDS), faz o balanço da festa, que ocorreu com tranquilidade, sem ocorrência de violência nos polos de folia da região metropolitana. Em Recife, foram realizadas 1,5 mil apresentações nos 18 polos e 34 ''polinhos''. O prefeito frisou que 90% das atrações foram artistas locais, numa festa que, mesmo marcada por diferentes ritmos, enalteceu o frevo, que conquistou no final do ano passado o título de patrimônio imaterial e cultural da humanidade pela Unesco.

O frevo foi a tônica das troças e blocos que, já tradicionalmente, estendem a folia pela quarta-feira de cinzas. O destaque em Olinda foi o Bacalhau do Batata, criado há 51 anos pelo garçom Isaías Pereira da Silva, o Batata (falecido em 1993) para poder brincar depois de ter trabalhado durante todo o carnaval. No Recife, "Os Irresponsáveis" colocaram 11 trios elétricos no bairro de Água Fria, no trigésimo desfile do bloco.

Tudo o que sabemos sobre:
carnavalOlindabalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.