ONG faz protesto em Copacabana contra gastos da Copa

A ONG Rio de Paz promove na manhã desta terça-feira, 10, na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, um protesto contra os gastos públicos com a Copa do Mundo. Doze bolas de futebol gigantes, com cruzes pintadas em vermelho, foram fixadas na areia, em frente ao hotel Copacabana Palace. Também foi montado um barraco e estendidas duas faixas, uma em português e outra em inglês, com os dizeres "Copa do Mundo num país de miséria, financiada com dinheiro público, é problema moral".

Agência Estado

10 de junho de 2014 | 11h01

A ONG apresenta seis reivindicações direcionadas aos candidatos à Presidência da República, entre elas metas para as áreas da saúde, educação e segurança pública nos próximos quatro anos. Outro pedido é para que seja feito um minuto de silêncio no jogo de abertura da Copa, em homenagem aos operários que morreram durante a construção dos estádios.

A montagem vai permanecer na praia até o fim do dia.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoRioCopa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.