Ônibus bate contra muro e deixa 33 feridos em Campinas

Um ônibus do transporte coletivo intermunicipal bateu contra um muro e pelo menos 33 pessoas ficaram feridas na tarde desta quinta-feira, 19, em uma das principais avenidas de acesso a Campinas, no interior de São Paulo.

RICARDO BRANDT, Agência Estado

19 de setembro de 2013 | 17h48

O ônibus chegava em Campinas de Monte Mor. Para o Corpo de Bombeiros, o motorista afirmou que na Avenida Lix da Cunha, próximo à rodoviária, um veículo fechou o ônibus, que desviou para não colidir.

O helicóptero Águia da Polícia Militar fez a remoção de algumas das vítimas. Não houve mortos. Nove ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ajudaram no resgate dos feridos.

Com o acidente, a avenida ficou fechada pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), provocando congestionamento para quem chegava a Campinas, durante a tarde.

Segundo a PM, das vítimas resgatadas pelo Águia, uma teve traumatismo craniano e outra teve um dedo decepado. Os feridos foram atendidos no canteiro da avenida.

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) informou que o ônibus estava com a documentação e as vistorias em dia.

Mais conteúdo sobre:
acidenteCampinasônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.