Ônibus espacial deixa a ISS para se antecipar ao furacão Dean

Caso o furacão se dirija para o Texas, o centro de controle em Houston poderá ter de ser esvaziado

Carlos Orsi,

19 de agosto de 2007 | 11h09

O ônibus espacial Endeavour se desprendeu da Estação Espacial Internacional (ISS) pouco antes das 9h desta manhã (horário de Brasília), com o objetivo de pousar na terça-feira,   um dia antes do previsto no planejamento original da missão.   A antecipação foi decidida para que a nave já esteja na Terra caso o furacão Dean, que neste domingo se aproxima da Jamaica, force a remoção dos controladores de vôo do Centro Espacial Johnson, em Houston, Texas.   Ainda neste domingo, os astronautas realizarão uma nova inspeção no escudo térmico do Endeavour, para garantir que a nave esteja em condições de pousar. A primeira oportunidade de pouso está prevista para as 13h32 de terça-feira.   Boa parte dos dez dias da missão do Endeavour na ISS foi passada em meio ao suspense criado por uma brecha no escudo térmico da nave, até que a Nasa concluísse que a fenda, aberta por um pedaço de espuma do tanque externo de combustível durante o lançamento, não representa uma ameaça aos astronautas ou ao veículo.   Foi uma fenda aberta do mesmo modo, em 2003, que levou á destruição do ônibus espacial Columbia.   Durante sua missão na ISS, os sete astronautas do Endeavour instalaram um novo segmento á estrutura da estação e transferiram carga para o posto orbital. Foram realizadas quatro caminhadas espaciais.

Tudo o que sabemos sobre:
issendeavourdeanônibus espacial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.