Opala de 300 kg e 15 milhões de anos encontrada na Hungria

Uma opala de 300 quilos e 15 milhões deanos foi encontrada na Hungria, em uma pedreira em Kisnana,a leste de Budapeste, informa a imprensa local. A pedra, cujo tamanho é considerado incomum e um recorde naHungria, foi levada para o Museu de Ciências Naturais de Budapeste.Antal Embey-Isztin, diretor da coleção de minerais do museu,disse que é muito raro que uma pedra semipreciosa do tipo tenha estetamanho.Segundo Embey-Isztin, as primeiras análises "indicam que a gematem 15 milhões de anos" e seu valor é "incalculável". A opala seráexposta no museu em breve.As principais jazidas de opala no mundo estão na Hungria, noMéxico e na Austrália. A opala é um mineral formado por dióxido de silício e água, e é um dos minerais que podem ocorrer na formação de fósseis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.