Operação contra o tráfico de drogas prende oito no RS

Oito pessoas foram presas hoje pela Divisão de Investigação do Narcotráfico (Denarc) em Porto Alegre e Canoas, no Rio Grande do Sul. Foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão e mais três mandados de prisão preventiva, que resultaram na prisão de oito pessoas. Ainda foram apreendidos cerca de 4 quilos de maconha, cerca de R$ 3 mil em notas de pequeno valor, vários aparelhos eletroeletrônicos e mais de 20 seringas para o uso de drogas.

CAROLINA SPILLARI, Agência Estado

16 Junho 2011 | 13h41

Além de cerca de 180 agentes do Denarc, participaram da Operação Dilúvio policiais do Grupamento de Operações Especiais (GOE), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) e do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM). Foram usadas 50 viaturas e a unidade canina do Denarc.

Eles percorreram alguns dos principais pontos de tráfico e consumo de drogas em Porto Alegre e Canoas - Vila Planetário e Condomínio Princesa Isabel, bairros Intercap e Menino Deus - e estiveram na casa de um traficante, no bairro São José, em Canoas.

Os agentes libertaram as comunidades que sofriam com as ações dos traficantes, avaliou Heliomar Franco, diretor da Divisão de Investigação do Narcotráfico. Segundo o delegado, os criminosos impunham suas próprias leis aos moradores.

Nos primeiros levantamentos foram usadas técnicas modernas de investigações como filmagens de alta definição e escutas telefônicas. As informações para a operação foram colhidas durante quatro meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.