Operação da PF prende 30 por tráfico de drogas em MT

Pelo menos 30 suspeitos foram presos durante a Operação Re-volver, da Polícia Federal (PF) em Mato Grosso, deflagrada hoje para combater o tráfico de drogas. A operação tem como origem fatos investigados durante a Operação Volver, deflagrada no dia 10 de julho de 2009. A corporação cumpriu também 20 mandados de busca e apreensão.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

02 de junho de 2010 | 13h43

Segundo a PF, foram aprofundadas as investigações em relação a um empresário de Cáceres, no Mato Grosso, já que durante na primeira operação não haviam sido colhidas provas suficientes de sua participação nos crimes. A investigação apontou que o empresário financiava o tráfico de entorpecentes, inclusive de alguns investigados já presos na Operação Volver.

A polícia constatou o envolvimento de diversas pessoas ligadas ao empresário que, segundo a corporação, também participava ativamente de roubo e receptação de veículos roubados para depois trocá-los por drogas e aquisição de armas. Ele também se envolveu em um homicídio no município de Cáceres, motivo pelo qual se encontra preso.

No decorrer das investigações foram apreendidos 82 quilos de pasta base de cocaína. Foram presos 22 suspeitos e apreendidos dois menores. Três carretas roubadas foram encontradas, além de um carro. Uma pessoa foi presa por uso de documento falso. Além disso, dois policiais militares participavam do esquema, um deles fornecia informações que evitavam as apreensões dos veículos roubados.

A ação ocorre nos municípios de Cáceres, Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Mirassol D''Oeste, Nova Olímpia, Tangará da Serra e Campo Novo dos Parecis, em Mato Grosso; Vitória, no Espírito Santo; Imperatriz, no Maranhão; e Goiânia e Rio Verde, em Goiás.

Tudo o que sabemos sobre:
crimetráficoPFMT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.