Operação no Rio termina com quatro mortos e sete presos

Quatro pessoas morreram e sete foram presas durante operação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil nas favelas do Rola e do Antares, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio, nesta terça-feira, 27. Cerca de 30 policiais participaram da ação de combate ao tráfico de drogas e mapeamento das favelas.

THAISE CONSTANCIO, Agência Estado

28 de maio de 2014 | 12h25

Entre os mortos está David Araújo de Souza, o DVD, de 24 anos, apontado como chefe do tráfico da favela do Rola. Os outros são Luciel Nogueira de Souza, Anderson Luiz Dantas Braz e Cláudio Júnior Amaral.

Yan Marcos Gomes; Alexandre Costa de Oliveira; Anderson dos Santos Cortes, o Gago; Anderson Rocha, o Madruga; José Victor Oliveira da Silva, o Petrúquio; Rodney Barbosa Alves Vieira, o Preá; e Vinícius Teixeira Araújo foram presos.

Um fuzil 7.62, três pistolas, três rádios transmissores, R$ 764 em espécie, munição e drogas foram apreendidos. Pelo menos um ônibus foi queimado e uma estação do BRT Transoeste (corredor exclusivo para ônibus) foi depredada. Na tarde desta terça, o serviço de passageiros foi suspenso.

Tudo o que sabemos sobre:
operaçãoRiotráfico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.