Operação prende 40 garimpeiros ilegais no interior de SP

Segundo Ibama, grupo é suspeito de extrair diamantes de uma área não autorizada e enviá-los ao exterior

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

28 de novembro de 2007 | 21h10

A operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) iniciada nesta quarta-feira, 28, para interditar garimpos na Represa de Marimbondo, no Rio Grande, região de Guaraci, no interior de São Paulo, resultou em 40 garimpeiros presos.Outros quatro acusados foram detidos ao tentarem fugir. O grupo é suspeito de extrair diamantes de uma área não autorizada. Posteriormente, as pedras eram levadas para Frutal (MG), de onde seriam distribuídas para o exterior.Nesta quarta-feira, foram apreendidas ainda 29 balsas, que terão os motores retirados, e um diamante de pequeno porte. Segundo o Ibama, os responsáveis pelas balsas serão autuados por crime ambiental e usurpação de bem da União (mineração irregular). A operação, intitulada Diamante Rosa, deverá ser retomada amanhã para a remoção de outras balsas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.