Operação tenta impedir a feirinha da madrugada no Brás

Com um efetivo de 112 homens e 50 viaturas, policiais militares e civis, auxiliados por guardas municipais, fiscais da Subprefeitura da Mooca e agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), realizaram, por volta das 2h de hoje, uma blitz para impedir a volta da tradicional feirinha da madrugada na rua Oriente e imediações, no Brás, região centro-leste da capital paulista. O objetivo da "Operação Concórdia" - alusão feita ao Largo da Concórdia, outro ponto onde exista o mesmo tipo de comércio - é coibir a feirinha e conseqüentemente a venda de produtos falsificados ou originários de descaminho. A operação também visa diminuir a desordem e a criminalidade que se instalam na região, tornando propícia a atuação dos chamados "batedores de carteira". Até as 3h30 desta madrugada, a ação da polícia não havia gerado confronto.

Agencia Estado

11 de março de 2008 | 06h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.