Operário morre em queda de torre de telefonia em SP

Três operários que trabalhavam na construção de uma torre de telefonia caíram hoje de uma altura de 30 metros em Campina do Monte Alegre (SP). De acordo com testemunhas, um cabo que sustentava a plataforma onde estavam os trabalhadores teria se rompido. Dois dos operários, Edicleuson Andrade de Souza, de 20 anos, e Carneilson de Souza Santos, de 22, foram levados em estado grave para o Hospital Regional de Itapetininga e continuavam internados na tarde de hoje.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

07 Junho 2011 | 15h59

O terceiro homem, Francisco Leonel Costa de Souza, de 23 anos, morreu ainda na Santa Casa da cidade, onde as vítimas receberam os primeiros socorros. De acordo com a Polícia Civil, os trabalhadores tinham sido recrutados no Estado do Maranhão pela empresa contratada para a obra. A empreiteira, com sede em Santa Catarina, presta serviços para uma empresa de telefonia celular. A polícia fez perícia no local. Um inquérito vai apurar as causas do acidente e se houve falha nos equipamentos de segurança usados pelos operários.

Mais conteúdo sobre:
acidente SP queda torre

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.