André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Operário morre em rompimento de adutora no DF

Outros quatro operários também foram atingidos pelo rompimento das tubulações e estão internados

LUCI RIBEIRO, Agência Estado

06 de fevereiro de 2014 | 13h29

Uma adutora da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) se rompeu nesta quinta-feira, 6, pela segunda vez nesta semana e um dos trabalhadores que faziam o conserto morreu depois de ser levado para atendimento no Hospital de Base de Brasília. Outros quatro operários também foram atingidos pelo rompimento das tubulações e estão internados. Apenas uma das seis pessoas que trabalhavam na manutenção do canal escapou ilesa.

A adutora fica na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), entre as regiões administrativas do Guará e Águas Claras, a cerca de 20 quilômetros da área central da capital federal. O primeiro rompimento do canal ocorreu nesta quarta-feira, 05, por volta das 18h. Segundo a Caesb, várias equipes começaram a trabalhar ainda ontem para conter o rompimento. Na manhã desta quinta, no entanto, a adutora se rompeu novamente durante o conserto, atingindo os operários que estavam no local e provocando grande transtorno no trânsito na região.

A assessoria de imprensa da Caesb disse que vai se manifestar sobre o caso ainda hoje por meio de nota. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal também informou que detalhará o estado de saúde dos feridos em nota a ser distribuída nesta tarde.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    rompimentoadutoraDF

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.