Os destaques de hoje do Estadão Noite

Os destaques de hoje do Estadão Noite

Edição exclusiva para tablets está disponível para download a partir de 20h

O Estado de S.Paulo

30 Setembro 2014 | 19h57

A edição do Estadão Noite desta terça-feira, 30 traz uma análise de Marcelo de Moraes, diretor da sucursal do Estado em Brasília, sobre como a economia está pagando o preço pela disputa presidencial. Segundo ele, o fato de que o humor do setor financeiro esteja sendo regulado pelas pesquisas de intenção de voto obriga, de certa forma, candidatos a se posicionarem de forma mais contundente sobre temas econômicos importantes - muito embora o detalhamento dos programas de governo tenha sido, de forma geral, relegado a segundo plano.

O economista Ulisses Ruiz de Gamboa parte dos resultados negativos nas contas públicas para questionar a política fiscal brasileira. Para ele, 2015 deveria ser marcado por contenção de gastos para evitar a 'tempestade perfeita' advertida pelo ex-ministro da Fazenda Delfim Netto. O colunista do Estadão, José Paulo Kupfer, lista algumas explicações para o quadro atual e mostra como a expectativa do governo em fechar o ano dentro da meta de superávit vai ficando mais distante.

Fabíola Marques, presidente da Comissão de Estudos de Processo do Trabalho do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP), parte da greve nacional dos bancários por tempo indeterminado, anunciada hoje, para discorrer sobre serviços essenciais aos cidadãos.

Para completar, o editor de esportes Robson Morelli escreve sobre a decisão do STJD de absolver Emerson por sua provocação à CBF.

O leitor pode baixar a edição, exclusiva para tablets, a partir das 20h. Assinantes podem baixar gratuitamente a edição, disponível para Ipad e para aparelhos com sistema operacional Android. 

Mais conteúdo sobre:
Estadão Noite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.