Os destaques de hoje do Estadão Noite

Os destaques de hoje do Estadão Noite

Edição exclusiva para tablets está disponível para download a partir de 20h

O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2014 | 19h59

A edição do Estadão Noite desta quarta-feira, 1º, traz uma análise de Paulo Daniel Watanabe, professor de Relações Internacionais da FMU, sobre o movimento pró-democracia que está agitando o centro financeiro de Hong Kong. Ele explica como a situação deixa o governo de Pequim diante de um impasse: ceder significaria alimentar a liberdade em outros territórios chineses que buscam independência; reprimir poderia ser um golpe letal à política, até então bem-sucedida, de 'um país, dois sistemas'.

Esther Solano Gallego, professora da Unifesp, discorre sobre a responsabilidade do discurso (e do silêncio como 'cúmplice') dos candidatos à Presidência, e da repercussão disso nas redes sociais. Danilo Rothberg, vice-coordenador de Pós-Graduação em Comunicação da Faac/Unesp, vai além para mostrar como o debate político online é, na maioria das vezes, muito superficial e não cumpre uma função organizadora/orientadora das necessidades sociais.

Continuando o debate proposto pelo 'Fóruns Estadão Brasil Competitivo - Rumo ao Futuro do Campo', Pedro de Camargo Neto, doutor em engenharia de produção pela USP, explica por que o governo deixou de lado negociações importantes para a agricultura do Brasil.  

Para completar, o jornalista de esportes Paulo Favero faz um apelo a Luis Fabiano. Segundo ele, é precisa colocar a cabeça no lugar em campo.

O leitor pode baixar a edição, exclusiva para tablets, a partir das 20h. Assinantes podem baixar gratuitamente a edição, disponível para Ipad e para aparelhos com sistema operacional Android. 

Mais conteúdo sobre:
Estadão Noite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.