Os destaques do 'Estadão Noite' desta quarta-feira, 3

Os destaques do 'Estadão Noite' desta quarta-feira, 3

Edição exclusiva para tablets está disponível para download a partir de 20h

O Estado de S. Paulo

03 Junho 2015 | 19h11

O Estadão Noite desta quarta-feira, 3, traz a análise de Fabrício H. Chagas Bastos, doutor pela Universidade de São Paulo e pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da USP, sobre a maneira como a sociedade reconhece ou menospreza demandas de grupos ou indivíduos, partindo da discussão em torno da propaganda da Boticário para o Dia dos Namorados.

Roberto Armelin, professor de Direito Desportivo da PUCSP e presidente da Comissão de Estudos de Direito Desportivo do IASP, escreve sobre a renúncia de Joseph Blatter e as denúncias de corrupção no futebol.

Em 'Esfinge que devora a vida de jovens negros', Juarez Tadeu de Paula Xavier, professor do Departamento de Comunicação Social da Faculdade de Arquitetura, Arte e Comunicação da Unesp, discorre sobre como o homicídio de jovens, negros e pobres é o principal indicador da segregação racial no Brasil.

O jornalista esportivo Gonçalo Junior critica a falta de busca reconhecimento e valorização do trabalho do técnico de futebol no Brasil. 

Para completar a edição, Paulo R. Haddad, professor do IBMEC/MG, comenta o atual ajuste fiscal anunciado pelo governo.

O leitor pode baixar a edição, exclusiva para Ipad e aparelhos com sistema operacional Android, a partir das 20h, por meio do aplicativo do Estadão. Assinantes não pagam.

Mais conteúdo sobre:
Estadão Noite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.