Os destaques do Estadão Noite desta segunda-feira, 3

Os destaques do Estadão Noite desta segunda-feira, 3

Edição exclusiva para tablets está disponível para download a partir de 20h

O Estado de S. Paulo

03 Novembro 2014 | 20h29

O Estadão Noite desta segunda-feira, 3, traz uma análise de Marcelo de Moraes, diretor da sucursal de Brasília, dos próximos passos da presidente Dilma para montar sua equipe no segundo mandato, e de que forma ela deve retribuir os apoios que recebeu durante a campanha presidencial.

O sociólogo Rafael Castilho, coordenador de projetos e pesquisador da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, ressalta como a condenação de Alckmin aos 'pedidos' de intervenção militar no Brasil é importante. Segundo ele, o PSDB, por sua importância no processo de redemocratização, deve se desvincular categoricamente de 'armadilhas' e aprimorar o diálogo com a sociedade.

João Manuel Marques Cordeiro, professor da Unesp, tenta explicar o sentimento de parte da população sobre o PT após a reeleição de Dilma. Para ele, há desprezo, já que o partido representante da defesa da ética e da moral há pouco mais de uma década teria matado a esperança da população com o que ele chama de 'desgoverno' e sucessivas denúncias.  

O advogado João Fernando Lopes de Carvalho, especialista em Direito Eleitoral e mestre em Direito do Estado pela PUC-SP, discorre sobre pontos que deveriam ser tratados com atenção em uma eventual reforma política, expondo as fragilidades hoje existentes no sistema político brasileiro.

Por fim, o jornalista esportivo Fernando Paranhos Faro analisa se o otimismo do torcedor são-paulino em relação ao seu 'projeto de caça ao Cruzeiro' faz sentido.  

O leitor pode baixar a edição, exclusiva para tablets, a partir das 20h. Assinantes podem baixar gratuitamente a edição, disponível para Ipad e para aparelhos com sistema operacional Android.

Mais conteúdo sobre:
Estadão Noite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.