Oscar da gastronomia americana

James Beard, um dos fundadores da crítica gastronômica nos Estados Unidos, além de cozinheiro, gourmet e gourmand, morreu em 1985, depois de publicar centenas de artigos e dezenas de livros que moldaram o gosto americano no século 20. Deixou uma herança literária e de comportamento, mas também financeira, que serviu para a formação da James Beard Foundation. Os prêmios anuais atribuídos pela fundação à gastronomia do país são tidos como o Oscar americano da comida. A premiação ocorre na semana do aniversário de Beard (ele completaria ontem 106 anos). A edição 2009 transcorreu nas noites de 2a e 3a feiras passadas, em duas festas para distintas áreas. Não houve exatamente grandes surpresas, mas a lista é acompanhada com curiosidade, até por cobrir regiões apenas correlatas à cozinha, sem envolver comida diretamente - caso de publicação de livros e mídia impressa e eletrônica. Alguns premiados de 2009 (a lista completa pode ser lida em http://www.jamesbeard.org/): Restaurante destaque do ano: Jean Georges, do veterano chef Jean-Georges Vongerichten, em Nova York Novo restaurante: Momofuku Ko, a nova casa de David Chang, em Nova York Livros premiados: o conjunto da obra de Jane Grigson; o livro de Grant Achatz sobre seu restaurante Alinea, de Chicago, e a edição revista e atualizada do clássico contemporâneo de Mark Bittman, How to Cook Everything. O livro do ano foi Fat - an appreciation of a misunderstood ingredient, de Jennifer MacLagan (que inspirou uma matéria de capa do Paladar, recentemente). No jornalismo, Ruth Reichl (Gourmet) e Alan Richman (GQ) paparam vários prêmios por artigos específicos, mas o Washington Post ficou com o de melhor cobertura de gastronomia em jornais. Aldo Sohm, melhor sommelier do mundo em 2008, levou o prêmio de Melhor Serviço de Vinhos por seu trabalho no Le Bernardin, Nova York. E quem gosta de visitar as novidades, o prêmio Jovem Chef Estrela em Ascensão, para "chefs com menos de 30 anos e talento significativo, cujo desempenho nos próximos anos pode ter impacto" foi de Nate Appleman, chef do A16, de San Francisco (http://www.a16sf.com/), cujas reservas, nesta altura, já devem ter se esgotado...

Luiz Horta,

06 Maio 2009 | 13h35

Mais conteúdo sobre:
Paladar James Beard pr&ecirc mio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.