Osesp terá regência da americana Marin Alsop

A americana Marin Alsop será a nova regente titular da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), a assumir no início de 2012, e terá contrato de cinco anos.

AE, Agência Estado

12 de fevereiro de 2011 | 11h33

Neste ano, a programação da orquestra não sofrerá alterações e o contrato do francês Yan Pascal Tortelier, que estava interino na função após a conturbada saída de John Neschling em 2009, continua válido até o fim de 2011.

Nome em ascensão na cena internacional, Marin destaca-se hoje como diretora musical da Orquestra Sinfônica de Baltimore, nos Estados Unidos - cargo em que está desde 2007 e deve manter mesmo depois de assumir a regência da Osesp.

No ano passado, Marin apresentou-se com a Osesp em um único programa, conduzindo a 7.ª Sinfonia de Mahler. Bem recebido, seu desempenho a pôs na disputa pelo cargo.

Aos 54 anos, a ex-aluna de Leonard Bernstein tem se notabilizado por seu engajamento em programas de educação musical para a população carente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
orquestraOsesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.