Otimismo de empresários fica quase estável em agosto, aponta CNI

O otimismo dos industriais brasileiros manteve-se praticamente estável neste mês em relação a julho, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

REUTERS

19 de agosto de 2010 | 15h15

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) teve alta de 0,6 ponto, para 64 pontos. O indicador varia de zero a cem, sendo que valores acima de 50 indicam empresários confiantes.

"Possivelmente a estabilidade do indicador reflete o crescimento econômico mais moderado após intensa atividade econômica do início de 2010", apontou a CNI em nota.

Os empresários da indústria extrativa foram os que tiveram maior crescimento no otimismo em agosto, de 2,5 pontos. A confiança dos empreendedores da construção civil cresceu 0,2 ponto e a dos empresários da indústria de transformação aumentou 0,5 ponto.

O indicador de condições de negócios na comparação com os últimos seis meses avançou de 57,6 pontos em julho para 58,4 em agosto.

O índice de expectativas para os próximos seis meses atingiu 66,8 pontos em agosto, 0,4 ponto acima do indicador de julho.

A pesquisa foi feita entre 2 e 18 de agosto com 1.910 empresas.

(Texto de Daniela Machado; Edição de Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCONFIANCACNI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.