Oui, nós temos camembert

Macio, não molenga. As bordas da casca amareladas, sem pontos pretos ou verdes. O aroma característico lembra amêndoas. Com estas pistas, você está no caminho do camembert, o mais francês dos queijos. O 'Paladar' ajuda a chegar aos melhores do Brasil

07 Maio 2009 | 08h19

Você não precisa ser francês para acertar na escolha de um queijo. Mas vai ter de fazer como um deles se quiser levar para casa um camembert de qualidade, na França ou aqui. Isso implica alguma atuação. Comece olhando a casca. Deve estar branquinha, sem pontos verdes ou pretos. Bordas ligeiramente amareladas não indicam defeito. Pegue o queijo, apertando o centro com cuidado para não estragar: o bom camembert tem massa macia, porém firme. Se estiver muito mole, descarte. Aproxime o queijo do nariz, o aroma ideal é o de amêndoa - cheiro forte de amônia indica queijo velho. Invista num queijo por vez ou monte a própria degustação, comparando as características de produtos de diferentes marcas - foi o que fizemos para esta edição de sotaque francês. Depois de conversar com especialistas, listamos sete dos melhores queijos camembert produzidos no Brasil e à venda em São Paulo. Foram comprados na véspera, tirados da geladeira algumas horas antes e provados às cegas. os queijos foram degustados por três especialistas no assunto: o técnico em laticínios Joca Lourenço, o importador de vinhos Geoffroy de La Croix e o jornalista e crítico Saul Galvão. Os queijos provados foram os seguintes: Witmarsum, Cruzília, Campo Lindo, São Vicente, Serrabella, Polenghi e Serra das Antas. Veja as características dos três melhores camemberts da prova. OS TRÊS DESTAQUES Serrabella "Cremoso, vem queijo bom por aí", disse Saul Galvão enquanto cortava um pedaço. "É aromático, complexo", avaliou Geoffroy. "Um pouco mais forte que os demais, ligeiramente mais salgado", comparou Joca Lourenço. Campo Lindo "Está mais maturado que os outros, levemente mais salgado", disse Joca Lourenço. "Este é o que mais lembra um camembert francês", declarou Geoffroy. Serra das Antas "O sabor é bom, mas um pouco curto", disse Geoffroy. "Está curado, mas faltou umidade", descreveu Joca Lourenço. "O mofo está aparecendo", comentou Saul.

Mais conteúdo sobre:
Paladar camembert Fran&ccedil a queijo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.