Ouro de Marion Jones fica sem dono

O ouro dos 100 m obtido por Marion Jones em Sydney/2000 ficará sem dono. O Comitê Olímpico Internacional não repassará a medalha, retirada da americana por uso de doping, a Ekaterini Thanou, 2.ª colocada. A grega nunca foi pega em controles do dopagem, mas evitou vários durante a carreira. Pauline Davis Thompson herdará o ouro nos 200 m e Tatyana Kotova fica com o bronze do salto em distância.

, O Estadao de S.Paulo

09 Dezembro 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.