Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Outro modelo americano também está em estudo

A ANS também estuda a adoção de outro modelo inspirado no Health Savings Accounts (HSA, Conta de Poupança para a Saúde), produto vendido nos Estados Unidos desde 2003.

Karina Toledo, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2011 | 00h00

O vice-presidente da Fenaprevi, Renato Russo, explica que nesse modelo o beneficiário deposita mensalmente os recursos em uma conta e tem direito à cobertura de alto risco, como cirurgias ou internações. Para arcar com consultas e exames de rotina é preciso fazer saques dessa poupança. "Isso estimula as pessoas a usar os serviços de forma mais consciente e a investir na qualidade de vida, pois assim é possível acumular mais recursos para o futuro", avalia.

Já Carlos Suslik, do Insper, considera esse modelo arriscado, pois o valor acumulado pode não ser suficiente para custear os gastos até o fim da vida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.