Padoca para cinéfilos

A proposta do Café Boulange é reunir, em um só lugar, todas as paixões de seu proprietário, o francês Jean Thomas Bernardini, que também é sócio da distribuidora de filmes Imovision, do Reserva Cultural e da Boulangerie Pain de France. "Queria algo descontraído, um misto de padoca francesa com café-filô", diz Bernardini. Além de uma vitrine de DVDs e dos pães e doces da Pain de France, a casa, que ainda funciona em regime de soft opening, serve saladas, sanduíches, vinhos e drinques exclusivos, lançados no festival de Cannes. Nesta 2ª (13), às 19h, faz seu primeiro coquetel e bate-papo, com André Ristum, diretor do filme 'Meu País', e seu montador, Paulo Sacramento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.