Padre é acusado de molestar menina no PR

O padre Marco Túlio Simonini, de 51 anos, foi preso na noite de anteontem em Londrina, no norte do Paraná, sob acusação de molestar sexualmente uma menina de 7 anos na piscina de um clube. A polícia precisou intervir para que o padre não fosse linchado. A arquidiocese de Londrina informou que Simonini, ordenado em setembro de 2001, estava afastado do ministério sacerdotal desde o início de 2010. "Ele fez o pedido para se afastar de livre e espontânea vontade e há um processo canônico para isso", disse o reitor do Seminário Paulo VI, padre Rafael Solano.

CURITIBA, O Estado de S.Paulo

08 de novembro de 2011 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.