Padre quer cobrar multa por atraso em casório

Noivos que se atrasarem sem justificativa aceitável para o casamento na Catedral Nossa Senhora de Lourdes, em Apucarana (PR), poderão pagar multa de R$ 500. O objetivo é usar o dinheiro para pagar as despesas da catedral. A ideia está sendo estudada pelo pároco da igreja, monsenhor Roberto Carrara. Ele disse ter conversado sobre isso com a comunidade em missas. "Fui aplaudido em pé", afirmou. "Tem noiva que está achando chique chegar atrasada, e é mais de uma hora, deixando 700 pessoas esperando durante todo esse tempo."

, O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.