Padre tem computador apreendido pela polícia

ARAÇATUBA (SP)

, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2011 | 00h00

Um padre de Araçatuba (SP) teve seus computadores apreendidos pela polícia, após ser acusado de praticar pedofilia pela internet com um adolescente de 13 anos, morador de Limeira. O caso é investigado desde dezembro de 2009, quando a mãe do jovem procurou a polícia. Nesse período, os dois trocaram mensagens e fotos de cunho sexual, segundo a investigação. O padre, cujo nome não foi divulgado, está afastado por motivo de saúde e alegou não saber que o garoto era menor de 18 anos. O bispo de Araçatuba não se pronunciou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.