Pagamento de dividendos do Lloyds é colocado em dúvida depois de teste do BCE

O britânico Lloyds Banking Group passou por pouco pelo teste do órgão regulador europeu para avaliar se os bancos tinham capital suficiente para resistir a outra crise financeira, colocando em questão as chances de voltar a pagar dividendos. 

MATT SCUFFHAM, REUTERS

26 de outubro de 2014 | 15h36

O resultado estreito poderia ter implicações para o Lloyds, que conversa com o regulador financeiro britânico para voltar a pagar dividendos e precisa provar que tem a força financeira para lidar com futuros choques de mercado para ganhar essa permissão. 

Como outros bancos britânicos, o Lloyds vai passar por outro teste de saúde financeira, do Bank of England (BoE), em dezembro. 

O BoE disse neste domingo que os resultados europeus não deveriam ser vistos como um indicativo do resultado do seu próprio teste.

O teste do BoE vai colocar ainda mais pressão no Lloyds, que é o maior fornecedor de hipotecas imobiliárias do Reino Unido.

Mais conteúdo sobre:
LLOYDSTESTESBCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.