Pai de Souza, do Flamengo, é baleado em assalto no Rio

O portuário Wladimir Rodrigues Cardoso, de 49 anos, pai do atacante do Flamengo Souza, foi baleado, na noite de ontem, ao ser vítima de quatro assaltantes quando chegava em casa, no Jardim Sulacap, zona oeste do Rio.Wladimir disse na 33ª Delegacia, do Realengo, que entregou um cordão de ouro e seu telefone celular aos criminosos e que, na seqüência, correu em direção à sua casa, o que fez com que os bandidos atirassem várias vezes. O carro da vítima, um Space Fox, foi atingido por dez tiros. Cardoso foi ferido nas pernas.Segundo Wladimir, os criminosos que o abordaram ocupavam um Vectra ou um Honda Civic cinza e queriam levar também seu veículo. Souza, em uma conversa com o segurança particular do pai, disse que a casa será vendida por causa da violência existente no local.

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

18 de abril de 2008 | 06h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.