Divulgação
Divulgação

Pai do ator Reynaldo Gianecchini morre em São Paulo

O pai do ator Reynaldo Gianecchini, Reynaldo Cisoto Gianecchini, de 72 anos, morreu no começo da manhã de hoje, no Hospital São Lucas de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, onde estava internado para tratamento contra o câncer. O corpo será levado para o velório Bom Pastor, onde será enterrado no Cemitério Bom Pastor, às 16h.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

17 de outubro de 2011 | 12h55

O ator Reynaldo Gianecchini também foi diagnosticado com linfoma não-Hodgkin de células T, um tipo mais raro da doença que afeta os linfócitos (células de defesa). O início do tratamento de quimioterapia precisou ser adiado depois que o ator apresentou um sangramento durante a introdução do cateter venoso central, no dia 20 de agosto.

Na semana passada, o ator falou pela primeira vez da doença, em um vídeo que  faz parte de uma ação do Movimento Contra o Linfoma da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale). 

Emocionado, o ator afirma que conseguiu reunir forças para buscar a cura graças ao apoio da família e o carinho dos fãs. "Acredito que isso pode ser uma dádiva para mim", disse, completando que a doença o fez crescer e descobrir uma força que ele não imaginava que tivesse.

Mais conteúdo sobre:
mortepaiReynaldo Gianecchini

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.