Pai do cantor Hudson diz que filho está doente

O cantor sertanejo Udson Cadorini Silva, da dupla Edson e Hudson, preso duas vezes na semana passada por porte ilegal de armas e munição, está em tratamento contra a depressão, revelou o pai do cantor, Gerônimo Silva, de 70 anos, em entrevista ao programa Fantástico, no domingo. Segundo ele, o filho é um bom menino, mas bebe muito uísque. "Sinto que ele está fraquejado. Está muito magro e não come. Meu filho está doente, ele canta doente", disse o aposentado no programa. Procurado pela reportagem nesta segunda-feira, Silva não quis dar entrevista.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

25 de março de 2013 | 20h48

Familiares do cantor confirmaram que Hudson está depressivo desde a morte de sua ex-mulher, Larissa Lopes, em novembro do ano passado. Ele toma remédios controlados e teria passado a abusar do álcool. Edson, irmão e parceiro do cantor, disse que ele já sofreu ameaças, por isso aprendeu a atirar. Há cerca de dez anos, o sertanejo teria sofrido uma tentativa de sequestro.

Hudson foi preso na primeira vez depois de ter uma discussão com a ex-mulher do primeiro casamento. Como a teria ameaçado e afirmado que iria até a casa, o atual marido dela avisou a Polícia Militar. Os policiais encontraram duas armas, um soco inglês e uma faca no carro de Hudson. A segunda prisão ocorreu após busca na casa do cantor, em que, além de armas e munição ilegais, foi apreendida uma porção de maconha. Hudson foi solto no sábado, após a concessão de um habeas corpus pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Tudo o que sabemos sobre:
prisãodoençapai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.