Pai e filha morrem eletrocutados após acidente

Um pai e sua filha morreram eletrocutados ontem à noite quando o carro em que viajavam bateu em um poste numa estrada vicinal de terra em Paraguaçu Paulista, na região de Marília. Quem dirigia o carro era o motorista Paulo Honorato da Silva, de 42 anos. Ele estava bastante embriagado, segundo a Polícia Militar, que o submeteu ao teste do bafômetro.

SANDRO VILLAR, Agência Estado

07 de janeiro de 2012 | 13h18

Anésio Brincalhão, de 42 anos, e sua filha A.C.A.B., de 10 anos, morreram na hora após serem atingidos por um fio de alta tensão, que caiu sobre o veículo junto com o poste depois da batida. Eles foram eletrocutados quando tentavam sair do carro.

Além do motorista, outros três passageiros conseguiram sair do veículo. Eles tiveram ferimentos leves. Depois do acidente, o motorista começou a dormir dentro da viatura da Polícia Militar e, dormindo, foi levado para a delegacia por volta das 20 horas. Ele só acordou quatro hora depois, no início da madrugada de hoje. Policiais o levantaram, mas o motorista voltou a dormir na delegacia. Silva foi preso em flagrante e responderá por homicídio doloso. O crime é inafiancável. O acusado está preso na Cadeia Pública de Lutécia, à disposição da Justiça. O pai e sua filha serão enterrados hoje à tarde no cemitério de Paraguaçu Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
acidentetrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.