Pai e madrasta de Isabella se dizem 'inocentes'

Após o indiciamento por homicídio triplamente qualificado na sexta-feira, Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, pai e madrasta da menina Isabella Nardoni, afirmaram hoje que são "inocentes", em entrevista para o programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, que vai ao ar hoje. Após vários contatos com Alexandre Nardoni e Anna Carolina, ontem, a reportagem do Fantástico conseguiu falar com o pai dele, o advogado Antônio Nardoni, que combinou a entrevista. Na primeira declaração à imprensa após a morte da menina, dia 29, o casal disse acreditar que uma terceira pessoa pode ter matado Isabella. Emocionados, Alexandre e Anna Carolina responderam a todas as perguntas da reportagem e alegaram inocência. "Eles estão muito emocionados, vivendo um drama pessoal. A Anna Carolina se desespera, se emociona, alega que é inocente", disse o jornalista Valmir Salaro, que conversou com o casal. Eles falaram ainda da vida com e sem Isabella e do drama que viveram na cadeia. No início das investigações, a polícia pediu a prisão temporária do casal, que ficou oito dias preso.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

20 de abril de 2008 | 20h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.