País registra 557 mortes por gripe suína, diz Ministério

O Ministério da Saúde confirmou hoje que 557 pessoas morreram no País em decorrência do vírus Influenza A (H1N1), conhecido como gripe suína. Entre os Estados com maior número de mortes estão São Paulo, com 223 óbitos confirmados (40% do total), Paraná, com 151 mortes (27,1%); Rio Grande do Sul, com 98 casos fatais (17,6%); e Rio de Janeiro com 55 (9,9%). No boletim epidemiológico divulgado à imprensa, foi informado que 58 das 480 gestantes que tiveram resultado positivo para o vírus A(H1N1) morreram. Segundo o boletim do ministério, na semana de 16 a 22 de agosto foi mantida a tendência de redução de casos graves observada na semana anterior.

PRISCILA TRINDADE, Agencia Estado

26 Agosto 2009 | 19h22

Hoje, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, informou que todas as escolas da rede e diretorias de ensino do Estado vão receber um vídeo com participação de médicos especialistas para orientar os docentes sobre a Influenza A (H1N1). De acordo com a Secretaria, as recomendações são dadas por especialistas do Instituto de Infectologia Emílio Ribas e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), reunidos em uma série de entrevistas comandadas por David Uip, diretor do Emílio Ribas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.