Pais serão multados por não supervisionar filhos no Reino Unido

Pena, que pode chegar a R$ 200, será dada a pais de jovens que forem encontrados vagando depois da escola

BBC Brasil, BBC

04 de setembro de 2007 | 10h49

Pais na Inglaterra poderão ser multados num valor equivalente a cerca de R$ 200 caso seus filhos sejam encontrados vagando pelas ruas depois de ser suspensos da escola, de acordo com medidas que entram em vigor nesta terça-feira. O objetivo é melhorar o comportamento das crianças e combater problemas sociais mais amplos.   O secretário britânico para Escolas, Ed Balls, disse que os pais devem ser responsáveis por ensinar o que é certo e o que é errado para seus filhos. Segundo ele, há um limite para o que as escolas podem fazer isoladamente. "É importante que os pais tenham um papel central quando uma criança é suspensa garantindo que elas estejam em casa trabalhando, ao invés de tratarem a suspensão como férias ou uma desculpa para vagar pelas ruas", afirmou. No ano passado, a cada dia, uma média de 1,7 mil crianças ficaram suspensas da escola. A maioria das suspensões é de apenas alguns dias - em média 3,5 dias - mas mais de 13 mil suspensões no ano passado foram por duas semanas ou mais. Serão ainda introduzidas normas exigem que as autoridades locais ofereçam algum tipo de educação ao aluno suspenso depois de ele passar uma semana com os pais, em uma espécie de "detenção em casa". Atualmente isso só é obrigatório depois de 16 dias de suspensão. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidoEscola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.