Papa abre cerimônia de Acolhida em Copacabana

Milhares de fiéis estão na praia de Copacabana, onde o papa Francisco faz sua primeira participação oficial na Jornada Mundial da Juventude. Ele chegou às 17h15 ao Forte de Copacabana, e desfilou pela avenida Atlântica no papamóvel até o palco no Leme. Lá é celebrada a cerimônia de Acolhida, com público estimado em mais de 1,5 milhão de pessoas.

Agência Estado

25 de julho de 2013 | 18h56

"Sempre ouvi dizer que os cariocas não gostam do frio e da chuva, mas vocês estão mostrando que a fé de vocês é mais forte do que o frio e a chuva. Parabéns!", brincou o papa no começo de seu discurso. Logo depois, ele pediu um minuto de silêncio pela morte de um fiel na Guiana Francesa, que morreu em um acidente de automóvel. Ele estava com um grupo que viria para a Jornada Mundial da Juventude no Rio.

Os batedores de carteira aproveitaram para agir no meio da multidão que acompanha a cerimônia, no palco montado em Copacabana. O estudante Adriel de Jesus Montessi, de 20 anos, teve a carteira com todos os documentos e R$ 300 furtados. "Não vi nada. Agora, não sei como vou voltar para Rondônia", disse. Depois de várias queixas, policiais subiram na base em frente ao palco na tentativa de identificar os ladrões.

Mais conteúdo sobre:
JMJpapaacolhida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.