Papa deve visitar Terra Santa no ano que vem, dizem fontes

O papa Bento 16 deve visitar em Israel e territórios palestinos no ano que vem, em uma viagem importantes por motivos políticos e religiosos no Oriente Médio, disseram fontes do Vaticano na quinta-feira. Esta seria a primeira viagem de Bento 16 à Terra Santa desde que assumiu o papado, em 2005. Dois de seus antecessores nos tempos modernos, João Paulo 2o e Paulo 6o, também fizeram a mesma viagem. A visita também seria importante para diminuir as tensões entre católicos e judeus sobre o papel desempenhado pelo papa Pio 12 durante a guerra. Alguns judeus acusam o antigo papa de ter fechado os olhos para o Holocausto. As fontes disseram que a visita ainda não tem data definida. O jornal israelense Haaretz disse que o papa aceitou um convite do presidente de Israel, Shimon Peres, para uma visita em maio. Um porta-voz do Vaticano afirmou que não pode comentar sobre a reportagem, mas fontes do Vaticano disseram que já há conversas sobre o assunto e que "é provável" que a viagem aconteça. (Reportagem de Philip Pullella)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.