Papa faz visita surpresa a basílica em Roma

Alguns fiéis tiveram uma surpresa neste sábado, quando o papa Francisco fez uma visita inesperada à Basílica de Santa Maria Maior, em Roma, para rezar pelos participantes da Jornada Mundial da Juventude, que acontece na próxima semana no Rio de Janeiro. O papa entrou na basílica por uma porta lateral e foi levado para uma capela, onde orou por mais de meia hora em frente a uma estátua da Madona.

Agência Estado

20 de julho de 2013 | 16h48

"Como a basílica estava aberta ao público, e numerosos fiéis estavam presentes, o papa, antes de sair, parou em frente ao altar central, onde pediu aos ouvintes para o acompanharem na jornada com preces, fé e penitência", disse o Vaticano em comunicado. Esta é a mesma basílica na qual o papa esteve na manhã seguinte após ter sido eleito para chefiar a Igreja Católica.

Mais cedo, por meio da rede de microblogs Twitter, o papa desejou boa viagem para os fiéis que estão indo para o Rio de Janeiro. "Queridos jovens! Sei que muitos de vocês ainda estão viajando para o Rio. Que o Senhor lhes acompanhe ao longo da viagem!", escreveu Francisco.

O papa embarca para o Brasil na segunda-feira, onde deve ser recebido por mais de um milhão de católicos. O argentino, de 76 anos, é o primeiro papa americano e a visita ao Rio de Janeiro marcará sua primeira viagem oficial como papa. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
JMJPapa FranciscoRomavisita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.