Papa faz visita-surpresa a comunidade pobre em Roma

O papa Francisco fez uma visita-surpresa a uma comunidade pobre nos arredores de Roma neste domingo, deixando surpresos os residentes, muitos deles provenientes de sua América do Sul natal.

REUTERS

08 Fevereiro 2015 | 17h58

O papa estava a caminho de uma visita a uma paróquia da área operária de Tiburtina quando mudou a rota para conhecer a favela que ele havia ouvido falar.

"Ele saiu do carro, e as pessoas ficaram chocada quando o viram", disse o padre Aristide Sana, pastor da paróquia. Sana correu para a comunidade quando ficou sabendo da visita de última hora.

Imagens de TV mostraram o papa cercado por moradores do local que, segundo Sana, são em sua maioria provenientes do Peru e do Equador.

"Quantos de vocês falam espanhol?", perguntou o papa em espanhol.

"Todos! Todos!", afirmaram.

Segundo Sana, vivem nessa comunidade cerca de 150 pessoas, incluindo também provenientes da Rússia, Eritreia, Ucrânia e Polônia. São, em sua maioria, trabalhadores braçais que conseguem tarefas diárias, disse.

(Reportagem de Philip Pullella)

Mais conteúdo sobre:
RELIGIA PAPA VISITA FAVELA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.