Papa Francisco deve ter 4 eventos na Jornada Mundial no Rio

O papa Francisco deve ter pelo menos quatro compromissos oficiais no Rio de Janeiro durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em julho, de acordo com o vice-presidente do comitê organizador local do evento, dom Antonio Augusto Duarte.

Reuters

14 de março de 2013 | 15h55

O evento, que reunirá milhares de católicos de todo o mundo na cidade, deve marcar a primeira visita do papa argentino à América Latina após sua eleição como pontífice.

O cardeal Jorge Bergoglio foi escolhido papa na quarta-feira no segundo dia do conclave, tornando-se o primeiro líder da Igreja oriundo das Américas, onde vive quase metade dos cerca de 1,2 bilhão de católicos do mundo.

A presença do papa na JMJ já estava prevista antes da renúncia do agora papa emérito Bento 16, no mês passado.

"Ele (Franciso) virá à Jornada Mundial da Juventude porque era um compromisso do papa Bento 16", disse a jornalistas, nesta quinta-feira, dom Antônio Augusto, que também é bispo auxiliar do Rio.

"Ele pode participar de outros eventos no Rio de Janeiro e a agenda definitiva só será conhecida após um encontro de dom Orani Tempesta (arcebispo do Rio de Janeiro), que pretende estar com ele o mais breve possível para acertar as datas, ouvi-lo, ver qual o desejo dele, projetos", acrescentou.

Segundo dom Antonio Augusto, o papa Francisco deve fazer um pronunciamento na praia de Copacabana logo no início de sua visita ao Brasil, no dia 25 de julho.

O papa deve ter mais três eventos oficiais na passagem pelo país durante a JMJ. No dia 26 de julho, deve falar para jovens também na praia de Copacabana, durante a encenação da Via Sacra pela orla.

No dia seguinte, o papa Francisco deve participar de uma vigília na região de Guaratiba, na zona oeste da capital, e depois participará de uma conversas com jovens da JMJ. No domingo, está prevista um missa campal no mesmo local.

"Faz parte de todas as jornadas que o papa esteja nesses quatro momentos... é uma tradição dos papas anteriores abrir e fechar as jornadas", acrescentou.

Fontes do governo estadual e da prefeitura disseram que a agenda do papa pode ser estendida na cidade por conta do apelo de Francisco ser o primeiro pontífice latino-americano. As informações, no entanto, não foram confirmadas pela arquidiocese.

A Jornada Mundial da Juventude acontece entre 23 e 28 de julho.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
RELIGIAOPAPARIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.