Papa passa por exames após fratura no pulso, passa bem

O papa Bento 16 passou por exames médicos neste sábado para avaliar o estado de seu pulso quebrado. Os exames mostraram que a fratura está cicatrizando bem, informou o Vaticano. O líder da Igreja Católica, de 82 anos de idade, escorregou no banheiro, quebrando o pulso direito, há oito dias, durante período de descanso no norte da Itália. Uma equipe de médicos, incluindo o médico pessoal do papa e o cirurgião que operou seu pulso, conduziram exames clínicos e de raio-X, neste sábado, próximo ao chalé onde Bento 16 está hospedado no vale de Aosta, próximo da fronteira com a França. "Os exames médicos mostraram que o desenvolvimento está bom e corresponde ao que era esperado", afirmou o padre Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, em comunicado. O Vaticano divulgou que o papa precisará usar gesso ao redor do pulso por cerca de um mês. Lombardi afirmou que Bento 16 celebrará a benção semanal no domingo, em um local próximo de sua residência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.