Papa pede libertação de arcebispo sequestrado no Iraque

O papa Bento 16 classificouna sexta-feira o sequestro do arcebispo da Igreja Católica deMosul, no Iraque, de crime "desprezível" e pediu pelalibertação do religioso. O arcebispo Paulos Faraj Rahho foi sequestrado na cidade aonorte do Iraque e seu motorista e dois seguranças foram mortosquando homens armados abriram fogo contra o carro onde estavam. Um comunicado do Vaticano informou que o papa estava tristecom "este ato desprezível". "O Santo Padre pede à Igreja que se una numa oraçãoardorosa para que a razão e a humanidade prevaleçam nossequestradores, e o monsenhor Rahho seja devolvido logo a suacongregação", diz a nota.

REUTERS

29 de fevereiro de 2008 | 18h40

Tudo o que sabemos sobre:
RELIGIAOPAPAIRAQUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.