Para FMI, crescimento de 7% do Brasil em 2010 é uma realidade

O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Khan, afirmou nesta terça-feira que "certamente é uma realidade" crescimento de 7 por cento da economia brasileira neste ano.

REUTERS

25 de maio de 2010 | 16h44

"Com um risco de que (o crescimento) pode chegar a 7 por cento neste ano, é claro que há risco de superaquecimento, e eu acho que o governo está perfeitamente consciente disso e tomando medidas", disse a jornalistas em São Paulo.

"Nossa previsão para 2011 é que a economia voltará para algo entre 4,5 ou 5 por cento (de crescimento)."

(Reportagem de Ana Nicolaci da Costa)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFMIPIBATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.