Para Madonna, cada disco é como se fosse o primeiro

A carreira de Madonna pode ter maisde 25 anos, mas durante um shows exclusivo na quarta-feira,para celebrar o lançamento de seu 11o disco de estúdio, eladisse aos fãs que ainda parece "a primeira vez". A cantora de 49 anos apresentou seis músicas para umaplatéia de 2 mil pessoas no Roseland Ballroom, em Nova York.Quatro delas eram do disco novo, "Hard Candy", último álbum coma Warner Bros., lançado mundialmente nesta semana. "Mesmo que eu tenha feito o que parece ser 100 discos, todavez que lanço um, parece que é a primeira e melhor vez", disseMadonna. "Hard Candy" foi bem recebido pelos críticos, apesar de boaparte dos elogios, segundo eles, ir para os produtores --Justin Timberlake, Timbaland, Kanye West e Pharrell Williams. Timberlake acompanhou Madonna no palco do Roseland paracantar a música "Four Minutes", que chegou ao 1o lugar dasparadas britânicas e está em 3o na lista Billboard 100. "Eu me sinto como a garota mais sortuda do mundo por terfeito um disco com ele, Timbaland, Pharrell, Kanye", disse elaà platéia. Mãe de três filhos, ela também cantou "Candy Shop", "Giveit 2 Me" e "Miles Away", do último álbum, além de "Music" e umaversão acústica de "Hung Up". Madonna, uma das artistas que mais vendem discos no mundo,abandonou a Warner Bros. no ano passado e assinou um contratode 10 anos e três discos com a empresa de turnês Live Nation.Acredita-se que o acordo seja de 120 milhões de dólares. (Por Michelle Nichols)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.